sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz natal pra vc e pra mim...

Olá meninas!
Antes de tudo, quero desejar um natal cheio de luz. Que o menino Deus renasça em vossos corações e lhes abençõe cada dia do novo ano que se aproxima.


Inflizmente meu natal tão ta sendo um dos melhores...ontem chorei muito ao dormir, nunca imaginei passar um natal grávida sem antes ter realizado o que eu sempre quis...aquelas coisas certinhas, que a sociedade nos impõe, casar, se estabilizar depois gerar um filho. Independente de sociedade ou não, acho que é até melhor para criação do bebê. Eu sei que eu estou com ele, mas não estamos casados (ainda), sem contar que por conta do trabalho ele mora em outra cidade, ainda bem que no mesmo estado, mesmo assim, a distância está sendo horível, pois esse é o momento em que mais preciso dele ao meu lado, principalmente agora na reta final. Eu sei que ele tb não está feliz com a situação, percebo pela sua fala quando digo que ela acabou de se mecher, e ele fica ruim pq não pode ver, sentir...só quando vem pra cá nos fins de semana.
Essa semana não estamos muito bem, discutimos por besteiras, o bendito guarda-roupa de Clarice foi o alvo maior, eu sei que ele não tem culpa, e quando eu ligo cobrando que ele tome uma atitude ele acha que eu penso que é culpa é dele. Fiquei triste pq ele comprou la para fazer uma surpresa pra mim, mas que culpa eu tenho tb se a menina ta prestes a nascer e eu dependo muito dele para organizar o quarto dela?
Não queria passar o natal nesse clima, mas tb fazer de conta que está tudo bem para mostrar as pessoas eu não consigo. Hoje ele vem pra cá, iremos passar o natal na casa de uma tia, lá faremos a ceia, brincaremos de amigo secreto, etc...mas não tenho animo pra nada, nem pra pintar as unhas, ajeitar o cabelo, me arrumar, ir para essa festa...
É, meu natal não está sendo um dos melhores, e eu juro, não queria que fosse asim...queria muito estar em paz comigo mesma, com ele e consequentemente com minha pequena...pois eu sei que passo tudo pra ela.
Espero que no passar do dia isso acabe...eu não quero estragar o meu primeiro natal com uma vida dentro de mim.
Estou com muito medo, a hora ta chegando e eu ainda não me imagino sendo mãe, em saber que ela dependerá de mim, será que vou dar conta? será que saberei ser mãe?

Desculpem um post tão deprê, mas eu preciso desabafar...

Beijos...

Um comentário:

Cristina Mosca disse...

Pô, é besteira pensar assim, afinal o que a sociedade impõe não é regra!
Eu por exemplo, não me vejo casada nem nada disso.
Nem por isso vou deixar meu sonho de ser mãe passar.

Relaxa, se vocês estão juntos tudo vai se encaixar com o tempo :)