terça-feira, 31 de agosto de 2010

Inchação - Estou com muito medo...

Escrito para o BabyCenter Brasil
Aprovado pelo Conselho Médico do BabyCenter Brasil
 

Ponto principal: o inchaço é um efeito colateral normal da gravidez, é temporário e vai melhorar, um pouco depois do parto.

Por que meus tornozelos e dedos do pé estão inchados?

O nome técnico desse inchaço você está tendo é edema; ele é resultado do sangue a mais que circula no seu corpo durante a gestação. O útero maior pressiona as veias pélvicas e a veia cava (uma grande veia na parte direita do seu corpo que recebe sangue dos membros inferiores), desacelerando a circulação e fazendo com o que o sangue se acumule.

A pressão do sangue preso faz com que água desça para os tecidos dos pés e tornozelos. Essa água é líquido que está no seu corpo de qualquer forma, mas acaba sendo movimentado. Outro problema é que muitas mulheres grávidas também retêm líquido, o que contribui ainda mais para o inchaço.

O edema é uma coisa bem normal e comum entre as grávidas. Porém, se você apresentar um inchaço acentuado ou repentino nas mãos e no rosto, fale com seu médico, porque isso pode ser um sinal de pré-eclâmpsia, um problema grave.

O que posso fazer para minimizar o inchaço?

Veja algumas dicas:

• Sente com os pés elevados sempre que possível. Em casa, coloque os pés em cima do sofá ou use um banquinho. Quando estiver no trabalho, se não houver um banquinho disponível, empilhe revistas ou livros embaixo da sua mesa. Ao tirar uma soneca, procure deitar sobre seu lado esquerdo.

• Coloque uma meia-calça com alguma compressão antes mesmo de sair da cama de manhã para prevenir que o sangue se acumule ao redor dos tornozelos.

• Beba bastante água. Pode parecer estranho, mas quanto mais líquido se bebe menos água o corpo retém.

• Pratique exercícios regularmente, especialmente caminhadas, natação, hidroginástica ou bicicleta ergométrica.

Coma bem e evite alimentos com alta concentração de sódio, como os salgadinhos de pacote, frituras, comidas congeladas industrializadas e sopas prontas, azeitonas e embutidos. Também evite o excesso de açúcar.
O meu medo é pq andei lendo alguns artigos, e esse tipo de inchação é normal acontecer no fim do segundo trimestre...Eu acabei de entrar nele.
Pior de tudo, onde eu faço o pré natal é uma porcaria, um matadouro, pois a médicca viu isso tudo e não fez nada e nem muito menos me orientou. O normal é engordar 1 kg por mês, eu já engordei 4 em um mês...
Essa semana tenho que resolver isso. Tenho duas opções de hospitais paa fazer o pré, são os melhores daqui da cidade, mas pelo SUS. É difícil conseguir mas com conhecimento tudo se facilita né? Espero que dê certo, estou ficando loucaaaaaaa

Por hj é só...
Beijos. Nosso *-*

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

5 Meses e preparação para o chá de fraldas \o/

Hoje Clarice completa 5 meses de vida no ventre da mamãe.
A danadinha me deixou tão preocupada essa semana, quase um dia sem mexer, nem nos horários que ela costuma dar o "ar da graça". Fiquei apavorada, rezei bastante segurando na minha barriga, acho que ela ouviu e finalmente deu aqueles pulos \o/
Coisas de mãe neurótica? Será?
De ontem pra hoje ela ta que não tem quem a faça parar, mexendo para todo lado, (eu adoro)
É uma sensação tão linda, eu sei que não estou sozinha. Tem um ser dentro de mim.

Pela manhã fui para hidroginástica, mais uma vez maravilhoso.

Ontem comprei alguns itens para o chá de fraldas, que está planejado para o dia 19 de setembro, logo após meu niver que é no dia 15. Daí farei uma festa só.
Comprei cada coisinha linda, tudo cor de rosa....ta ficando um charme.
Aos poucos vou postando minhas ideias e uma foto da barriguinha de 5 meses. A mesma ta crescendo muitooooo...

Por enquanto é só. Agora vou me ajeitar para dormir.
Tomar banho, tomar um copo de suco e passar o óleo de amêndoas para evitar as colegas estrias ;/

BeijO*

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

A saga do Enxoval, rs

Hoje comecei na hidroginástica, adoreiii. Comprei umas coisinhas básicas para uma alimentação balanceada, acho que vai dar certo. Vou mudar de médica tb no meu pré natal. O meu medo é pq minha mãe passou por isso quando estava grávida de mim, e ela teve inicio de eclampise, mas naquela época era muito diferente, não tinha tanta facilidade como hoje.
Bem, Clarice continua mexendo e eu vibrando a cada mexida dela, rs.
A sogra me ligou hoje, ela estava organizando um chá de bebê, mas fazendo as contas iria gastar horrores e podia ser que eu não gostasse das coisas que iria ganhar (ow sogra boa, meu Deus). Daí ela perguntou se eu queria viajar com ela para um lugar [esqueci o nome] para comprar as coisas lá, disse que é um lugar muito bom e só tem coisas de bebê e melhor, a um preço muito bom. Combinamos para o inicio de setembro, vamos ver se vai dar certo mesmo a data. Espero que sim, pois estou louca para dar inicio aos preparativos.
Amanhã irei ao centro com minha mãe, vamos iniciar algumas coisinhas.
Por hoje é só...
Beijão e um ótimo final de semana pra vcs
;)

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Preciso emagrecer ;/

Hoje fui ao meu pré natal.
Ouvi o coração do meu bebê [que som mais lindooo] é de emocionar!
Os batimentos estão normais, minha barriga mede 21 cm, um a mais que o normal mas a médica disse que está dentro do normal também.
Ah, estou entrando para o quinto mês. \0/
O único probleminha e acredito que preoculpante é que estou engordando fora do normal. Em um mês engordei 4 kg.
Mas ja estou providenciando essa questão.

Clarice continua ganhando presentes, pense numa garota de sorte...o ultimo presente foi ontem; uma linda toalha da moranguinho. É tão linda que da até pena de usar ;)

Ah, ja ia esquecendo, larinha começou a mecher com todo vigor semana passada \o/
Ja me dissram mas eu não achava que era tão emocionante assim, me sinto tão bem quando ela da o " ar da graça", rs. A danadinha deu pra querer mecher na madrugada, quando o dia está amanhecendo, [ja começou a dar trabalho, rs]

Bem, por enquanto é só.

Beijos.

De mãe e filha ;*

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Presentinhos/Novidades

Um pouco sumida mas por uma boa causa.
Hoje concluí o curso de Gestão Financeira.
Missão cumprida \o/
Resta agora a saudade de pessoas maravilhosas que eu conheci.

Bem, vamos para as novidades/presentes...

Ganhei a banheira que tanto queria, aquela que ja vem com o trocador. Eu nem esperava, presentão do tio pai da Clarice.
Outro super mega presente é o berço. Domingo minha tia me falou que esse era o presente dela, ela sempre perguntava e eu dizia, qualquer coisa, não sei pedir nem exigir presente de ninguém. Mas nunca passou na minha cabeça pedir o berço. Ela disse que vai dar completo, com cochão e tudo, e quando fosse comprar e iria para escolher o modelo.
Ah, ganhei um porta algodão e um porta contonetes, lindosssss, cor de rosa. Amei.
Dia 12 de setembro ja está confirmado o chá de bebê que a sogra está preparando, tenho certeza que vai ser ótimo.
Bem, por enquanto é só. Ah, o melhor de tudo, meu quase esposo conseguiu um emprego, mas é na cidade dele, mas no nosso estado, ele continua morando com a mãe dele, enquanto isso vamos nos organizando, pois em breve nossa casinha estará sendo entregue, é o tempo de nos organizarmos e aparecer algo pra ele aqui na minha cidade. Aos poucos as coisas estão se ajeitando.
Muito obrigada, Pai. A Ti toda honra, toda glória, toda majestade.

Beijossssssss

domingo, 1 de agosto de 2010

Dia Mundial da Amamentação

A maior realização da mãe é ver o seu filho crescendo e evoluindo. A amamentação é o primeiro passo importante, depois do próprio nascimento, rumo ao desenvolvimento da criança e, por isso, as mães devem dar muito atenção a esse gesto. Neste Dia Mundial da Amamentação, comemorado todo dia 1° de agosto, o Ministério da Saúde promove a campanha "Hospital Amigo da Criança", que incentiva os hospitais a aderirem uma série de requisitos que os credenciam como benéficos para a saúde das crianças. O principal desses requesitos é o incentivo ao aleitamento materno logo no primeira hora de vida do bebê.

O leite materno é o alimento mais completo que existe e é muito importante para o desenvolvimento sadio do bebê. "Ele é rico em gordura, proteína, carboidratos, minerais, vitaminas, enzimas e imunoglobulinas que protegem a criança contra várias doenças", explica a nutricionista Daniela Jobst. De acordo com a área técnica da saúde da Criança e Aleitamento Materno do Ministério da Saúde, a estimativa é que o aleitamento exclusivo evitaria 13% das mortes em crianças menores de cinco anos em todo o mundo. E mais: cerca de sete mil mortes de recém-nascidos no primeiro ano de vida poderiam ser evitadas com a amamentação na primeira hora do parto. Confira abaixo, sete medidas essenciais para ajudar a amamentar o bebê da maneira correta.


Desde a gravidez, os hábitos alimentares precisam ser os mais saudáveis possíveis. Na fase de amamentação, cuidar da alimentação da mãe é essencial. De acordo com o nutrólogo Celso Cukier, do Hospital e Maternidade São Luiz, durante a fase da amamentação a mãe aumenta seu gasto calórico em 30%. "É importante suprir essas necessidades da mãe, com um cardápio equilibrado e variado. A mulher deve se alimentar a cada três horas e procurar por alimentos que forneçam boas doses de proteínas, como leite e carnes. E não pode esquecer o carboidrato, para dar muita energia", aconselha o especialista. Procure incluir também alimentos chamados galactogogos, como o chá de erva-doce e caldo de cana, uma vez que aumentam a produção do leite. E modere o consumo de alho, cebola, pimenta e alimentos muito condimentados, pois podem mudar o sabor do leite.



Socorro, meu leite empedrou! O ingurgitamento mamário, ou popularmente leite empedrado, acontece quando a bebida fica presa na mama por causa da sucção inadequada ou do esvaziamento incompleto do peito. Isso acaba deixando os seios rígidos, causando dor e até febre. Mas existe prevenção: deixar o beber mamar bastante ou retirar o leite com as mãos ajudam a esvaziar o peito.



 

Cuide do seio. É muito comum as mamães desenvolverem fissuras no bico do peito com a amamentação ao longo dos primeiros meses. Isso porque a pele da aréola é muito fina e sensível e os fortes movimentos de sucção do bebê podem causar rachaduras e muita dor. Calma, não precisa sofrer. Existe um modo muito mais fácil do que você imagina para evitar esse tipo de situação. A consultora em aleitamento, Evangelista Kotzias dos Santos, ensina que tomar banhos de sol e passar bucha na região ajuda a engrossar a pele. Para aquelas mães que estão sofrendo com as fissuras, a dica é passar um pouco do próprio leite em cima da ferida, pois ele tem alto poder de cicatrização. "Em casos mais graves, o médico pode recomendar uma pomada cicatrizante. Mas lembre-se de lavar o bico do peito sempre que for amamentar, para o bebê não ingerir o remédio", ensina a consultora.


 


Colocar o bebê na posição correta é imprescindível para evitar que ele engasgue ou tenha dificuldade de tomar o leite. Em relação às mães, segurar o bebê de maneira errada pode gerar dores na coluna e estresse. E nem você, muito menos o seu filho, precisa sofrer na hora da amamentação. Procure deixar o bebê posicionado na mesma altura do mamilo, com a cabeça repousada no antebraço da mãe. Se a criança for maior e estiver irrequieta, segure-a por trás dos ombros. O bebê deve ser capaz de alcançar o peito facilmente, sem precisar se esticar, nem girar a cabeça. A mãe deve aproximar o bebê do peito, e não o peito do bebê. Com o bebê bem posicionado, é só esperar que ele abra bem a boca para iniciar a amamentação.


 


Muitas mães falam, mas é um mito acreditar que o leite materno é fraco por ter uma aparência aguada. "Realmente, o leite materno não tem a mesma consistência do leite de vaca, por exemplo, que é bem mais grosso. Mas essa aparência aguada não quer dizer menos nutrição. Se você mantém uma dieta equilibrada e oferece o peito sempre que o bebê pede, vai produzir leite de qualidade, na quantidade certa, e não precisa complementar a dieta do pequeno com nada", explica a consultora Evangelista Kotzias. Lembrando que a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que os bebês se alimentem apenas com leite materno até os seis meses de vida e, depois, que ele seja usado como complemento da alimentação até os dois anos de idade.


 

Estudos que comprovam os benefícios da amamentação não são poucos. Um dos mais recentes reforçou a lista. O estudo foi conduzido pelos pesquisadores da Universidade de Southampton, na Inglaterra e mostrou que a amamentação ajuda a reforçar a saúde dos pulmões. Por meio da análise de 1.500 bebês, foi observado que aqueles que haviam sido amamentados por, pelo menos, quatro meses tinham um funcionamento melhor do pulmão, quando comparados com aqueles que tiveram a mamadeira como principal opção.


 


Durante os meses da gravidez e da amamentação, os seios aumentam muito de volume e seu sutiã pode crescer até três números. A pele estica bastante, portanto podem aparecer estrias e é comum a flacidez do tecido. Mas nada disso é desculpa para não amamentar! "Para prevenir flacidez e estrias, capriche na hidratação desde a gestação, usando cremes específicos e se lembrando sempre de lavar os seios antes de amamentar, para o bebê não ingerir o hidratante. E trate de usar bons sutiãs de sustentação, com alças largas, aros e bojos firmes", ensina consultora em aleitamento, Evangelista Kotzias dos Santos.


 
Fonte: http://msn.minhavida.com.br
 
 
Tenham todos um ótimo inicio de semana.
 
Paz e Bem!
 
Beijosss...Meu e de Clarice